Casa da Mãe Casa da Mãe
Seu carrinho ainda
está vazio :(
Navegue pela loja e encontre os
produtos que você procura.

Resina Nacional Papa João Paulo II - 100cm

Cod. do Produto: IR37
Resina Nacional Papa João Paulo II - 100cm
Cod. do Produto: IR37
Preço ATACADO 42% OFF
R$ 2.856,64 Mais formas de pagamento
3x de R$ 952,21 sem juros no cartão de crédito
  • R$ 2.713,81 à vista no pix (5% Desconto) Economize R$ 142,83
Preço VAREJO Para compras abaixo de R$ 518,00 R$ 4.925,25
R$ 4.925,25
    • Selecione o Tamanho:
    • Selecione a Cor:
      • Única
Quantidade: - +
EM ESTOQUE 01 UNIDADE
Loja Segura
Frete Grátis Detalhes Produto
  • Ajax Loader

Descrição do Produto

Imagem de Resina Papa João Paulo II

Por que comprar imagens de santos na Casa da Mãe
A linha de imagens de Santos e Santas da Casa da Mãe tem pintura e acabamento superior, contam com riqueza de detalhes que tornam expressões de cada imagem mais realista, são importadas dos melhores fabricantes do ramo, com alto padrão de qualidade e muito cuidado e respeito pela devoção de cada fiel.

Sabendo que a devoção ao padroeiro é um meio pelo qual é possível alcançar grandes graças e milagres fabricamos e distribuímos lindas imagens, que ajudam a fiel durante suas orações diárias.

Imagens Católicas de Santos
A imagem de um santo tem profundos significados, ao olhar pra uma imagem deve-se lembrar de que a pessoa representada viveu conforme a vontade de Deus, e deve ser um espelho para todos os cristãos. Deve-se lembrar de que aquela pessoa está no céu em comunhão com o Pai, ela goza da “visão beatífica de Deus” e intercede pelo povo sem cessar.

A imagem de um santo remete que ele só é santo pelo poder e graça de Deus; logo, a veneração ao santo dá Glória ao Pai, muito mais que ao santo. Como um gesto de amor e de reverência pode-se tocar e beijar as imagens. Podemos admirar as imagens assim como admiramos a foto de um ente querido, por isso elas devem ser bem feitas, trazendo a admiração que merecem.

Por que Rezar diante e uma Imagem?
Quando rezamos diante de uma imagem de algum santo, estamos pedindo para que ele interceda por nós diante de Deus Pai, assim como um amigo que nos ajuda em um momento de dificuldade para conseguir chegar mais rápido ao objetivo.

História do Papa João Paulo II

Karol Wojtyła nasceu a 18 de Maio de 1920 em Wadowice, na Polónia meridional, onde viveu até 1938, quando se inscreveu na faculdade de filosofia da Universidade Jagelónica e se transferiu para Cracóvia. No Outono de 1940 trabalhou como operário nas minas de pedra e depois numa fábrica química. Em Outubro de 1942 entrou no seminário clandestino de Cracóvia e a 1 de Novembro de 1946 foi ordenado sacerdote.

A 4 de Julho de 1958, Pio XII nomeou-o bispo auxiliar de Cracóvia. Recebeu a ordenação episcopal a 28 de Setembro seguinte. Como lema episcopal escolheu a expressão mariana Totus tuus de são Luís Maria Grignion de Montfort.

Primeiro como auxiliar e depois, a partir de 13 de Janeiro de 1964, como arcebispo de Cracóvia, participou em todas as sessões do concílio Vaticano II. A 26 de Junho de 1967 foi criado cardeal por Paulo VI.

Em 1978 participou no conclave convocado depois da morte de Montini e no sucessivo após o inesperado falecimento de Luciani. Na tarde de 16 de Outubro, depois de oito escrutínios, foi eleito Papa. Primeiro Pontífice eslavo da história e primeiro não italiano depois de quase meio milénio, desde o tempo de Adriano VI (1522-1523).

Personalidade poliédrica e carismática, afirmou-se imediatamente pela grande capacidade comunicativa e pelo estilo pastoral fora dos esquemas. A têmpera e o vigor de uma idade relativamente jovem permitiu que empreendesse uma actividade intensíssima, ritmada sobretudo pelo multiplicar-se das visitas e das viagens: no total foram 104 internacionais e 146 na Itália, com 129 países visitados nos cinco continentes.

Desde o início trabalhou para dar voz à chamada Igreja do silêncio. A insistência sobre os temas dos direitos do homem e da liberdade religiosa tornou-se assim uma constante do seu magistério. Tanto que hoje é largamente reconhecido o contributo relevante da sua acção para as vicissitudes que determinaram a queda do muro de Berlim em 1989 e o sucessivo colapso dos regimes filo-soviéticos. Neste contexto provavelmente insere-se o gravíssimo episódio do atentado do qual foi vítima a 13 de Maio de 1981 por obra do turco Ali Agca.

Ao lado da polémica anticomunista, desenvolveu-se também uma leitura crítica do capitalismo, submetido a uma análise crítica em três das suas 14 encíclicas: a Laborem exercens (1981), a Sollicitudo rei socialis (1987) e a Centesimus annus (1991). Também foi assídua a sua actividade a favor da paz, que se entrelaça com a busca do diálogo com as grandes religiões — em particular com o judaísmo e com o islão — e com o novo impulso impresso no caminho ecuménico.

Em 1983 promulgou o novo Codex iuris canonici e depois providenciou à reforma da Cúria romana com a constituição apostólica Pastor bonus de 1988. Favoreceu também a dimensão da colegialidade episcopal no governo da Igreja, sobretudo através da convocação de quinze sínodos dos bispos. Entre os números de um pontificado bastante longo — em segundo lugar por duração só ao de Pio IX (1846-1878) — podem ser mencionadas também as frequentes cerimónias de beatificação e canonização, durante as quais foram proclamados 1.338 beatos e 482 santos.

Com o passar dos anos a atenção do Pontífice focalizou-se sobretudo na celebração do grande jubileu do ano 2000. O evento assumiu um significado altamente simbólico no âmbito da sua missão pastoral e teve uma forte importância penitencial, expressa de modo emblemático no dia do perdão (12 de Março).

O encerramento do jubileu abriu a fase conclusiva do pontificado, marcada sobretudo pelo progressivo agravamento das condições de saúde do Papa, que depois de uma longa e angustiante agonia morreu na noite de 2 de Abril de 2005.

Após 26 dias do seu falecimento, Bento XVI concedeu a dispensa dos cinco anos de expectativa prescritos permitindo o início da causa de canonização. E o mesmo Papa o proclamou beato a 1 de Maio de 2011.

 

Características do Produto

Imagem do Papa João Paulo II produzida em resina, acabamento fino.

Dimensões aproximadas: 100cm de altura, 37cm de largura e 29cm de profundidade.


Temos o melhor preço de artigos religiosos da internet, pois a maioria de nossos produtos são de fabricação própria. CONFIRA!

"A Casa da Mãe oferece descontos atrativos para compras no atacado. Então aproveite e não perca essa grande oportunidade!"

Nosso estoque conta com mais de 6.000 itens em artigos religiosos. Entre em contato conosco caso não encontre o que procura! Teremos grande prazer em atendê-lo.

"Sua fé, nossa inspiração!"

Ver mais Ver menos

Avaliações dos Clientes

Esse produto ainda não teve avaliações. Se você já comprou, ajude outros compradores. Seja a primeira pessoa a fazer uma avaliação!

Central de Ajuda

Faça uma pergunta sobre este produto

Você também pode gostar de

Ajax Loader
Cadastre-se Para receber
novidades
Nome:
E-mail:
Casa da Mãe
Casa da Mãe
(12) 3646-3440
(12)997750133
Rodovia Washington Luiz, 2804 Veloso CEP 12580-000 - Roseira - SP
Segurança
  • Loja Segura
  • Associação Brasileira de Comércio eletrônico
  • Google Safe Browsing
Formas de
Pagamento
Entrega
  • Entregamos em todo o Brasil
  • Correios
  • Casa da Mãe Distribuidora de Artigos Religiosos LTDA ME - 12747412000179
  • Todos os direitos reservados - Casa da Mãe      -      20202021
E-commerce desenvolvido por Climba Commerce
Central de Atendimento