Casa da Mãe Casa da Mãe
Seu carrinho ainda
está vazio :(
Navegue pela loja e encontre os
produtos que você procura.

Adorno Porta Água Benta Nossa Senhora da Imaculada Conceição

Cod. do Produto: ADM1NSC
Adorno Porta Água Benta Nossa Senhora da Imaculada Conceição
Cod. do Produto: ADM1NSC
PREÇO ATACADO 42% OFF
R$ 18,27
3x de R$ 6,09 sem juros no cartão de crédito
R$ 17,35 à vista no boleto (5% Desconto) Economize R$ 0,92
Mais formas de pagamento >
PREÇO VAREJO PARA COMPRAS ABAIXO DE R$ 518,00 R$ 31,50
R$ 31,50
    • Selecione o Tamanho:
    • Selecione a Cor:
      • Única
Quantidade: - +
Loja Segura

Adorno para porta ou mesa com aspersório para água benta de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, produzido em MDF com cobertura de resina, medindo aproximadamente 20cm de altura 8cm de largura e 8cm de comprimento, aspersório material acrílico transparente com tampa dourada e adesivo do Santo , medindo aproximadamente 9,7cm de altura 3cm de diâmetro. Fabricação Própria.

Calcular Frete e Prazo
  • Ajax Loader

Descrição do Produto

A- A A+

Porta água Benta

Símbolos de proteção e objetos bentos, como utilizar?
Objetos bentos são aqueles que foram benzidos por um padre, com a devida autorização elas além de um símbolo de sua fé fornecem grande proteção.

Porém devemos nos atentar que ao utilizar um objeto bento devemos ter cuidados como:

Caso o objeto quebre não deve ser descartada no lixo, por se tratar de um objeto Bento deve ser levado a uma igreja onde terá o destino correto.
Sempre realizar orações, pois não se trata de um amuleto ou objeto mágico, mas sim uma lembrança de fé e devoção.
Ao tornar seu objeto bento você está devotando sua vida ao exemplo da imagem que nela se encontra.

Ou seja, escolher um símbolo religioso é mais do que escolher um adorno, é demonstrar sua fé e devoção ao mundo; e para isso a Casa da Mãe possui inúmeros modelos de medalhas, dezenas, adornos, cordões e muito mais para você.

A Água Benta

A importância da água para vida humana, seja física e espiritual
A água é elemento fundamental para a vida humana. O homem necessita e depende do uso diário da água para sua subsistência.

Nas Sagradas Escrituras, a água é considerada símbolo de purificação (cf. Sal 51,4; Jo 13,8) e de vida (cf. Jo 3,5; Gal 3,27). Como dom de Deus, a água é instrumento vital, imprescindível para a sobrevivência e, portanto, um direito de todos. (Compêndio da Doutrina Social da Igreja, n. 484).

Contudo, a água, quando abençoada, passa a ter um sentido também espiritual. No Ritual Romano da celebração das bênçãos, no número 1090, diz que, com a bênção da água, recordamos Cristo, que é a Água Viva, e o sacramento do batismo, que nos fez renascer pela água e pelo Espírito Santo. Por isso, sempre que formos aspergidos com essa água ou nos benzermos com ela ao entrar na igreja ou dentro das nossas casas, dêmos graças a Deus pelo seu dom inestimável e imploremos o Seu auxílio para que, na nossa vida, sejamos fiéis.

Água benta é um sacramental
A água benta não é uma espécie de mágica ou superstição para quem a utiliza, pelo contrário, ela é uma eficaz forma de se chegar às realidades espirituais por meio de sinais sensíveis e visíveis, o que no caso da água benta se denomina como sacramental.

O que é um sacramental? “A santa mãe Igreja instituiu os sacramentais, que são sinais sagrados pelos quais, à imitação dos sacramentos, são significados efeitos principalmente espirituais, obtidos pela impetração da Igreja. Pelos sacramentais, os homens se dispõem a receber o efeito principal dos sacramentos e são santificadas as diversas circunstâncias da vida” (Catecismo da Igreja Católica, n.1667)

Assim, o ministro ordenado, seja um padre ou diácono, ao abençoar a água, conforme prescreve a Santa Igreja Católica, obtém-se um sacramental, que possui grande eficácia para as pessoas nas diversas realidades da vida. Essa água benta também pode ser usada para a aspersão nos vários ritos que a Igreja celebra para a santificação do povo.

Com isso, “os sacramentais não conferem a graça do Espírito Santo à maneira dos sacramentos; mas, pela oração da Igreja, preparam para receber a graça e dispõem para cooperar com ela” (CIC 1670).

História de Nossa Senhora da Conceição

Imaculada Conceição refere-se a um dogma através do qual a Igreja declarou que a concepção da Virgem Maria foi sem a mancha (mácula em latim) do pecado original. Desde o primeiro instante de sua existência, a Virgem Maria foi preservada do pecado pela graça de  Deus. Ela sempre foi cheia da graça divina. O dogma declara também que a vida da Virgem Maria transcorreu completamente livre de pecado. O dogma que declara a Imaculada Conceição da Virgem Maria é fundamentado na Bíblia: Maria recebeu uma saudação celestial do Anjo Gabriel quando este veio anunciar que ela seria a Mãe do Salvador. Nessa ocasião, o Anjo Gabriel saudou como cheia de graça. 

O dia da festa da Imaculada Conceição foi definido em 1476 pelo Papa Sisto IV. A existência da festa era um forte indício da crença da Igreja na Imaculada Conceição, mesmo antes da definição do dogma no século XIX. No dia 8 de dezembro de 1854, dia da festa, o Papa Pio IX, com a Bula intitulada Deus Inefável, definiu oficialmente o dogma da Santa e Imaculada Concepção de Maria. Assim está escrito na bula (documento papal) intitulada Ineffabilis Deus que o Papa Pio X proclamou: Em honra da Trindade (...) declaramos a doutrina que afirma que a Virgem Maria, desde a sua concepção, pela graça de Deus todo poderoso, pelos merecimentos de Jesus Cristo, Salvador do homem, foi preservada imune da mancha do pecado original. Essa verdade foi-nos revelada por Deus e, portanto, deve ser solidamente crida pelos fiéis

Desde os tempos da Igreja primitiva, os fiéis sempre acreditaram que Maria, a Mãe de Jesus, nasceu sem o pecado original. Tanto no Oriente como no Ocidente, há grande devoção à Maria enquanto mãe de Jesus e Virgem sem Pecados. No começo do cristianismo o dogma da Imaculada Conceição já era tida como uma verdade de fé para os fiéis.

Imagem de Nossa Senhora da Conceição

A coroa da Imaculada Conceição nos lembra que Maria Imaculada, sem pecado, sem mancha, é Rainha do Céu e da terra. A cruz sobre a coroa significa que a Virgem Maria só é Rainha por causa de Jesus Cristo, por causa de sua morte na cruz e de sua ressurreição. O manto da Imaculada Conceição é rico em significados. A cor azul simboliza o céu. Os bordados em dourado simbolizam a realeza e nos lembram que Nossa Senhora é Rainha do Céu e da terra. As mãos de Nossa Senhora da Conceição unidas na altura do coração simbolizam a oração. Em todas as aparições da Virgem Maria, ela pede oração. Ela mesma, enquanto viveu neste mundo, foi uma mulher de oração. Ainda nos pés da imagem de Nossa Senhora da Conceição, vemos a nuvem e anjos. Estes dois símbolos revelam que a Virgem Maria está no céu, na glória de Deus, junto com os anjos, dos quais ela é Rainha e que de lá, junto de seu filho, ela intercede por nós. Significa que Maria, sendo 'Imaculada Conceição', concebida sem pecado, e tendo gerado Jesus Cristo, ela esmaga a cabeça da serpente, como está escrito no livro do Gênesis. Em Maria começou a vitória sobre o demônio e esta vitória foi concluída pela morte e ressurreição de Jesus. A meia lua debaixo dos pés é uma característica importantíssima na imagem e tem simbolismos maravilhosos que merecem ser conhecidos. São os seguintes:1. A lua não tem brilho próprio, mas reflete a luz do sol. Na Iconografia cristã, o sol é Jesus Cristo. Por isso, a luz sob os pés de Maria significa que sua luz vem de Jesus e leva a Ele. Pois, se perguntarmos: 'de onde vem o brilho de Nossa Senhora'' a resposta só pode ser uma: 'de Jesus, seu filho'.2. A lua brilha no meio da escuridão da noite. A escuridão simboliza a humanidade pecadora e a lua simboliza a pureza e a luz. Significa que Maria, mesmo tendo nascido na humanidade pecadora, foi preservada do pecado pela graça de Deus, ou seja, ela é Imaculada (sem mancha) desde sua concepção no ventre de sua mãe, Santa Ana. Ela é a Imaculada Conceição, ela foi concebida sem o pecado original. Por isso, ela brilha como a lua, refletindo a luz do sol, que é a verdadeira fonte de vida, de luz e de calor

 Oração a Nossa Senhora da Conceição

Virgem Santíssima, que fostes concebida sem o pecado original e por isto merecestes o título de Nossa Senhora da Imaculada Conceição e por terdes evitado todos os outros pecados, o Anjo Gabriel vos saudou com as belas palavras: Ave Maria, cheia de graça; nós vos pedimos que nos alcanceis do vosso divino Filho o auxílio necessário para vencermos as tentações e evitarmos os pecados e, já que vós chamamos de Mãe, atendei-nos com carinho maternal e ajudai-nos a viver como dignos filhos vossos. Nossa Senhora da Imaculada Conceição, rogai por nós. Amém.

Características do Produto

Adorno para porta ou mesa com aspersório para água benta de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, produzido em MDF com cobertura de resina, medindo aproximadamente 20cm de altura 8cm de largura e 8cm de comprimento, aspersório material acrílico transparente com tampa dourada e adesivo do Santo , medindo aproximadamente 9,7cm de altura 3cm de diâmetro. Fabricação Própria.


Temos o melhor preço de artigos religiosos da internet. CONFIRA!

Nosso estoque conta com mais de 6.000 itens em artigos religiosos. Entre em contato conosco caso não encontre o que procura! Teremos grande prazer em atendê-lo.

A Casa da Mãe oferece desconto de 42% para compras com valor superior a R$518,00; isso mesmo, colocando este valor no carrinho o desconto é automático!

"Sua fé, nossa inspiração!"

Ver mais Ver menos

Avaliações dos clientes

Você já tem este produto? Compartilhe a sua opinião com a gente.

Você também pode gostar de

Ajax Loader
Cadastre-se Para receber
novidades
Nome:
E-mail:
Casa da Mãe
Casa da Mãe
(12) 3646-3440
(12)997750133
Rodovia Washington Luiz, 2804 Veloso CEP 12580-000 - Roseira - SP
Segurança
  • Loja Segura
Formas de
Pagamento
Entrega
  • Entregamos em todo o Brasil
  • Correios
  • Casa da Mãe Distribuidora de Artigos Religiosos LTDA ME - 12747412000179
  • Todos os direitos reservados - Casa da Mãe      -      2020
Climba Commerce
Central de Atendimento